Grão de Areia

 

Boa Noite…

A vida cada vez mais me surpreende.

Parece que quanto mais o tempo passa, mais o eu sei o quanto preciso aprender.

Cada caminhada me mostra que sou comparada a um grão de areia nesse mundão indo de um lado a outro, conforme o vento guia.

Ser um grão de areia não significa ser ninguém, pelo contrário… Sou algo em algum lugar, apenas descobrindo e aprendendo a viver.

Cada dia percebo que preciso amar cada vez mais o próximo e me esforçar ao máximo para purificar esses sentimentos que adentram meu coração.

Preciso perdoar o mal humorado, aquele me fechou no trânsito, o “amigo” que não quer mais ser teu amigo, o invejoso, aquele que simplesmente não gosta de vc, aqueles que vc não gosta por pura antipatia, enfim, preciso fazer um esforço e perdoar.

Não importa razão e nem a justificativa que eu dê a isso.

Eu apenas preciso perdoar… Sorrir e seguir em frente…

Perdoar é divino… é amar… é querer e fazer o bem…

Amar incondicionalmente… Não ter preconceitos…

Hoje alguém me falou sobre o pre-conceito… Que todos temos preconceitos… E refletindo percebi que temos mesmo. Uns menos outros mais, mas que ele existe, com certeza…

É preconceito racial, religioso, social, e por aí vai… De alguma maneira sempre procuramos criticar, fazer comentários que não nos dizem respeito e nos esquecemos que no fundo somos todos iguais.

Deus nos fez assim… Nascemos e morremos da mesma maneira…

Então não importa a opção sexual, a cor da pele, a religião, o gênero musical, a nacionalidade. Somos todos irmãos…

Já passsou o tempo que deveríamos ter entendido isso… Perdemos muito tempo criticando, apontando os erros, nos omitindo, falando da vida alheia e nos esquecemos de nós mesmos.

Para termos uma vida e um mundo melhor, precisamos melhorar internamente…

Cuidar do nosso ser, nos conhecermos melhor sem querer nos enganar…

Sentir… aceitar as fraquezas e os defeitos e de alguma maneira levantar e viver o PRESENTE… Buscar acertar um pouquinho de cada vez…

Hoje, por exemplo podemos sorrir mais… Para um vizinho, o guarda que cuida da tua rua, ou até mesmo para um desconhecido.

Sentir a presença das pessoas e se permitir amar nem que seja um pouquinho cada um…

Se não for possível, apenas deixar passar… Aquele que te fez sofre ou te magoou… No fundo, no fundo quem magoa sofre muito mais do que quem é magoado e na maioria das vezes demora a perceber isso.

Orar e não deixar de ter esperança nesse mundo e nas pessoas.

Todos podemos melhorar… Alguns sabem o que fazer… Outros precisam de ajuda… É estender a mão… Acreditar que tudo pode ser diferente.

Hoje pode não ter sido, mas amanhã, que sabe? Só Ele sabe….

É evitar de sofrer por problemas que não são nossos… É ajudar, mas saber que cada um tem sua missão nesse mundo…

Todos temos momentos felizes e outros mais difíceis… E somos capazes de enfrentar e superar qualquer desafio que nos é imposto nessa estrada que se chama VIDA.

Hoje digo que preciso crescer… Sei que hoje já me tornei alguém melhor do que eu era ontem, porque tenho a consciência de que posso mudar, melhorar…. Mas ainda sim preciso crescer, saber viver aceitar a vida e cada pessoa como ela…

Pois a vida é assim mesmo, nos ensina, ensina e ensina… E nós estamos aqui para aprender, aprender e aprender.

Sempre com um sorriso no rosto e nunca deixando de agradecer pela oportunidade de estarmos aqui…

 

Que Deus nos abençoe.

 

Beijos no coração,

 

Samara

 

2 comentários sobre “Grão de Areia

  1. Mariana

    Nossa comadre que lindo Post esse, amei e refleti sobre ele, como a gente se acha tão grande sendo que dentro dessa proporção universal somos tão pequenos!

    Sempre quando tenho um problema que acho dificil resolver, ou o meu coração anda pequenininho apertadinho eu olho para o céu de norte a sul leste a oeste … e vejo que alem do ceu azul, nublado, estrelado alem dele tem um universo tão grande e com tantas possibilidades que ai meu problema fica do meu tamanho, facinho de resolver … e posso te dizer que dá certo rs …

    Um grande beijo no seu coração, tenha um lindo dia! Beijos

  2. carlos f da silva

    surgimos de um ovulo e um pequenino expermatozoid
    crecemos nascemos choramos andamos vivemos pra-la-e pra ca do mesmo modo como um grão de AREIA
    na imencidão dos mares da vida somos todos iguais
    somos areia do mesmo mar
    estrela da mesma constelação

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s