A vida ensina….


Boa noite…

Espero que estejam todos bem nesse início de semana.

Certa vez alguém me disse se sentir só, injustiçado, desamparado.

Se sentia só, pois não tinha amigos ou os que tinha, achava serem poucos… E nunca se satisfazia em ter um sincero e leal… Preferia se sentir “popular” estar em todas…. Se sentir presente.

Ouvia e achava que se preocupava…e tantas vezes se prontificava em “ajudar”… “ajudava” e “ajudava”… e esperava o retorno… e o retorno não chegava… e aí… se sentia triste, injustiçado… a pior das pessoas… totalmente desamparado.

Quantos de nós já não ouvimos essa mesma história? Acredito que em alguma momento ou ela inteira ou parte dela acontece com cada um de nós.

Que importância tem a quantidade de amigos, parentes, vizinhos ou conhecidos que ajudamos? Nenhuma. Se ajudamos para nos sentirmos bem, é puro egoísmo, vaidade, orgulho…

Precisamos ajudar o próximo por amor à ele… E será que esse amor verdadeiramente existe?

Ajudar não é invadir a vida do outro e querer resolver os problemas dele. É aceitar, é dividir, é perdoar, é simplesmente ouvir…

Precisamos esperar que o próximo aceite o nosso apoio, carinho… Ele, mais do que ninguém precisa aceitar a tua ajuda, para ela ser útil e realmente fazer o bem à ele.

O ser humano precisa melhorar em tantas coisas…E uma delas é o respeito e o amor, sem dúvida.

Um dos mandamentos diz: “Ame ao teu próximo como a ti mesmo”.

Quem é o teu próximo? São as pessoas conhecidas e as desconhecidas tb. São os amigos, inimigos, familiares… São todos a tua volta.

Não adianta interferir na vida de alguém que não precisa da tua ajuda e deixar de lado aquele que muitas vezes pode estar ao teu lado precisando e vc, por estar cego com a tua vaidade e o teu egocentrismo não enxergar a necessidade dele…

Amar é querer bem… É simplificar a vida do outro.

Às vezes será necessário se afastar… Outras, simplestemente se aproximar e sorrir… Essa é a lei do amor, do perdão, da fraternidade e da compreensão.

Não existe regra, nem livro que ensina isso…. É a vida e a sabedoria que adquirimos ao longo dela…

Se pensarmos bem… não fomos injustiçados e nem deixamos de ser amados… As coisas simplesmente mudaram… Como tudo na vida muda…

É preciso apenas aceitar e continuar essa linda caminhada… Sorrir… E viver… sempre…

Obstáculos existem e existirão sempre… Para serem superados com amor, persistência, coragem e resignação…

Lutar pelo amor e pela vida, sempre vale a pena.

 

Beijos no coração,

 

Samara Garcez

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s