Renovação

740512_169450

Os ciclos da vida…Eles iniciam, caminham e terminam. Trivial para alguns… Reflexão para outros…

Todos nós, diariamente, enfrentamos esses ciclos. Alguns ocorrem tão automaticamente que nem nos damos conta.

Se imaginarmos que o ato de acordar, tomar café, sair para trabalhar, retornar, tomar banho, jantar e dormir é um ciclo, podemos considerar quantos ciclos dentro desse vivenciamos diariamente.

E pensar nesses ciclos fez com que eu observasse quantas coisas ocorrem nas nossas vidas e se repetem. Podem mudar as pessoas, talvez os lugares, mas nunca as situações.

Existem situações que são realmente desafiadoras e nos levam a momentos que por nós são considerados cruciais.

A famosa tomada de decisão… Tão falada… Ouço muito: “Preciso tomar uma decisão urgente!”, ou , “Agora não tem jeito. Ou vai ou racha!”, ou “Hoje tal assunto poderá mudar a minha vida!”, e por aí vai.

Ouvimos e falamos frases desse tipo inúmeras vezes durante a nossa caminhada. O que não notamos, é que muitas dessas “decisões” são adiadas sem nem mesmo percebermos.

Achamos que tomando determinada decisão solucionamos o problema e aquilo que nos causa dor ou incomoda, não se repetirá mais… A vida vai melhorar…As coisas vão entrar nos eixos de novo.

Então o tempo passa e vem outra provação, diferente da primeira, mas com o mesmo ensinamento… E nós, o que fazemos? Tomamos a tal decisão!

Será que alguém já se perguntou: “Por que eu sempre passo por isso?” Tenho certeza que muitos já se perguntaram e sequer tiveram coragem de buscar a resposta.

Sabe por que? Encontrar a resposta é até fácil… Difícil é ouvir e fazer o que precisa ser feito.

E o que precisa ser feito?

É preciso mudar…Não apenas resolver os problemas, e nem querer ser bonzinho do dia para noite…Nada disso.

É preciso mudar por dentro… Acabar com os padrões… É experimentar sentir um pouco da dor e superar… Não fugir dela.

Através da dor e das dificuldades encontramos a felicidade e solução para os nossos anseios.

É experimentar trocar o caminho para o qual te leva ao trabalho todos os dias sem se preocupar com o trânsito, com o chefe. Apenas fazer… Quem sabe nesse dia, você tem uma agradável surpresa?

É aprender a falar não. Nem sempre devemos apoiar coisas que não aceitamos e não acreditamos só para agradar o outro. Falar não, pode ajudar você e aquele que está ouvindo, poderá ser o maior beneficiado;

É experimentar mostrar que você tem suas próprias preferências e fez escolhas que muitos talvez não concordem, mas que é feliz à seu modo;

É experimentar o novo, o desconhecido

É renovar a esperança e acreditar que apesar de toda a maldade que existe nesse mundo, a bondade ainda vence e de lavada;

É se levantar da cama todos os dias, dar um sorriso e agradecer por estar vivo, por ter uma casa, uma familia, um emprego, uma vida.

É agradecer mesmo em meio a tanta dificuldade, e entregar a sua vida e as suas dores nas mãos de Deus.

É aceitar, mesmo sendo difícil compreender algumas atitudes, e respeitar o próximo da mesma maneira que gostaria de ser respeitado.

É ser generoso e se dispor sempre com amor e dedicação.

É acreditar no outro. Sempre dar uma chance; Afinal todos erramos e todos podemos melhorar se quisermos.

É acreditar em si mesmo… Em ser capaz de realizar os seus maiores sonhos.

Isso se não se chama desafio. Se chama Renovação… É renovar a sua alma… Mudar de dentro para fora.

Quando nos renovamos, os padrões se vão junto com os desafios e novas oportunidades virão.

Basta ter fé e estar aberto a mudanças….

Beijos no coração,

Samara

Ensinamentos

Biblia ensinamento de Deus

E quando nos descobrimos, encontramos um novo mundo, uma nova vida…Diferente do que imaginamos.

Um mundo recheado de surpresas, do desconhecido e que às vezes chega nos causar medo.

A cada passo uma mudança, a cada mudança uma descoberta e a cada descoberta um aprendizado.

Dizendo assim até parece fácil. Algumas lições são mesmo… Fáceis de serem compreendidas e até mesmo aplicadas.

Outras, nem tanto… Às vezes é preciso repetir e se encontrar inúmeras vezes com os mesmos desafios para entender, aceitar e seguir em frente.

Dias atrás li num livro uma frase interessante:

“Toda alegria verdadeira nasce do sofrimento.”

A primeira vista, não gostei do que li. Achei forte. Mexeu comigo. Mas refletindo, pude ver que é real…

Precisamos aprender, perder, cair, chorar, sentir para valorizar…

Se ficamos doentes, damos mais valor à saúde;

Se perdemos ou simplesmente não temos dinheiro, valorizamos como é difícil ganhar;

Se choramos, valorizamos um sorriso;

Se estamos sós, valorizamos uma companhia;

Tudo o que nos é tirado é valorizado quando percebemos que ou imaginamos que aquilo é a chave para a felicidade. Aprendemos com os erros e comemoramos os acertos e seguimos em frente.

Assim é a vida… Baseada na fé, na compreensão, no aprendizado e no amor.

Precisamos ter fé que um dia o que quebrou poderá ser restaurado e compreendido e amado.

Tudo e todos temos esse direito… Direito ao amor, à felicidade.

A busca pode não ser tão fácil como se imagina… Às vezes faz-se necessário abrir mão dos maus hábitos…

Às vezes precisamos repassar a vida  como se estivéssemos redigindo pela segunda vez a nossa própria história e buscar lá no fundo o que realmente queremos.

Precisamos reconhecer o que nos faz mal. E mesmo que estejamos acostumados a viver dessa maneira, precisamos cutucar a ferida, enxergar que ela existe e mesmo doendo enfrentar. Não ter medo de chorar e nem de se expor. Acreditar que tudo vai melhorar.

É preciso levantar a cabeça e ter fé… Sempre muita fé… Permitir que Ele nos conduza ao caminho que trilhou para cada um de nós e O deixe mostrar que depois do sofrimento, da escuridão, vem a salvação, vem uma vida novinha, cheia de muito amor, esperança, alegria e renovação.

Chegar até o fundo e descobrir…a Vida! A benção que está bem abaixo dos nossos olhos todos os dias, mas nos recusamos a ver.

Enxergar que temos tudo e só temos que viver! Com amor, dedicação… Alegria…

Servir aos nossos irmãos… Sermos bons… Amarmos mais…

Entendermos mais…. E viver mais….

Beijos no Coração,

Samara Garcez