O Mundo

índice - mundo

Vivemos em um mundo onde enfrentamos situações e emoções extremas.

Em alguns lugares chove demais. Em outros a água não chega.

Em algumas mesas, fartura demais. Em outras a, miséria.

Alguns amando demais, outros amargando a solidão.

Parece que o equilíbrio entre o bem e o mal anda desequilibrado.

Boa parte das pessoas perderam a noção do que é certo e errado. Agora tudo depende do “Ponto de Vista”.

Busca-se explicação para tudo, até para o que é inexplicável.

Não vivemos apenas em um mundo sem tempo para nada. Vivemos em um mundo sem referência, sem propósito, sem vontade, onde muitos estão apenas por estar.

Vão seguindo o caminho da maioria, sem se perguntar a razão.

Hoje encontramos justificativas para as coisas mais absurdas.

Justifica-se matar, roubar, mentir, trair, desonrar.

Todos têm na ponta da língua uma justificativa para as próprias  falhas, para “não ficar feio” para os outros.

Há sempre uma razão que justifique as falhas que cometemos. Todos querem se eximir de suas culpas, seus pecados.

Empurrando toda a sujeira para debaixo do tapete para que ninguém veja.

Mas será que realmente ninguém vê? Existe algo dentro de cada um de nós chamado consciência.

Podemos nos esconder atrás de milhares de desculpas, criar diversas situações para os outros, mas para nós mesmos é impossível.

Em algum momento seremos colocados em contato com nós mesmos. Precisaremos enxergar algo que ninguém quer ver, que é feio, dói.

Entraremos em contato com aquele lado que costumamos observar  e criticar nos outros, mas nunca em nós mesmos.

É duro, dolorido demais…. Machuca, envergonha, mas é necessário.

O conhecer a si mesmo também faz parte da vida. Engrandece a alma e pode mudar valores e pessoas.

Aqueles que se incomodam com o mundo a sua volta, certamente se incomodam consigo mesmos e buscam uma chance para melhorar.

E para melhorar é necessário enxergar aquilo que está escondido, aceitar as próprias falhas, pedir perdão, se perdoar e  dar uma chance a si mesmo.

A mudança não acontecerá de uma hora para outra. Será um processo lento e doloroso, mas um aprendizado muito rico e transformador, onde será possível enxergar que o mundo real não é nada disso que os nossos olhos enxergam.

O mundo é sim um lugar de aprendizado, mas não está perdido.

Há sempre uma esperança. Uma razão. Um momento.

Todos podem mudar.

Podemos dar água a quem tem sede, dar comida a quem tem fome. Ensinar aquele que não entende.

Amar aquele que ainda mal conhece o significado dessa palavra.

Amor… É tudo que esse mundo precisa.

As pessoas precisam se amar mais. Parar de se depreciar, de se humilhar, de ser quem não é.

Precisamos nos aceitar como somos, nos amar e a partir daí compartilhar esse amor com o próximo.

Dar ao outro o que ele ainda não possui.

Acreditar que tudo tem conserto, que sempre há uma esperança.

 

Beijos no coração,

 

Samara Garcez

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s